terça-feira, maio 22, 2007

DEDUÇÃO DE CRIANÇA

Um destes dias lembrei-me que, no meu tempo, a miudagem da escola usava umas batas brancas por cima da roupa.

Naquela altura não gostava nada de as usar.

No final do ano lectivo, quando o tempo aquecia, elas faziam-nos muito calor.

Mas aquele “uniforme” tinha como finalidade acabar com a diferenciação entre pobres e ricos, porque: á vista desarmada, estávamos todas vestidas de igual.

(mas os meninos eram uns felizardos porque as não vestiam).

E eu usei aquele “uniforme” até ao final do liceu!! Uf !

Eu vivia perto da antiga Faculdade de Medicina (Hoje: Instituto de Medicina Legal).

Um dia por semana, a minha mãe ia buscar-me à escola e levava-me à catequese, que era no Patriarcado, ali no Campo de Santana.

E passávamos mesmo à porta da Faculdade…

Um dia, um dos estudantes olhou-me e engraçou comigo. Deve ter piscado o olho ou qualquer coisa assim e eu….não vai de modas!...

Viro-me para ele, e do alto dos meus 6 anos (andava na 1ª classe) disse-lhe, toda zangada e empertigada:

“ Burro!!!

Não tens vergonha de ser tão grande e ainda andares na escola ?”

Eu não me lembro deste episódio.

Lol lol lol

Mas a minha mãe é que o contava muita vez.

E isto aconteceu porque ….eles andavam também de bata branca vestida… tal como eu!. ( e naquele tempo Medicina tinha 7 anos)

Mas da reacção que ele possa ter tido, a minha mãe não sabe, porque ficou envergonhadíssima, mas, ao mesmo tempo, cheia de vontade de rir.

TURBOLENTA

16 comentários:

ximiusa disse...

AHAAHAH afinal SHE LIVES!!!
conheço mto bem a zona! imagino a tola com k o rapaz ficou!! ahahaha
tb usei bata, mas foi azul, até a 4º classe.
Agora deizak diga! tas mto bem, ali nakela foto sem cabeça!! e a sopinha parece um must!
ah receitas k nka falham (pois outro dia espreitei o petiskaky e vi o molotov e o pudim, ui uiuiu

Zé Tuga disse...

Oh mãe hoje vi muitos aviões! Contei 7!

Serve este post para anunciar a minha chegada à blogosfera!

Zé Tuga disse...

É apenas para comunicar a chegada à blogosfera tal como já disse até porque não tenho palavras sábias para vos trasmitir.

Uma conta de blogger já cá canta!

Um login para o menino,
Um grande passo para a humanidade.

maria-joão disse...

Eu adorava a minha batinha. Ainda a tenho! Mas os meninos também usavam. Tenho pena que se tenha perdido esse hábito. Poupava trabalhinho na lavagem da roupita.

Katty disse...

Amiga na minha escola usava-mos todos uma batinha branca ,sabes por vezes tenho saudades desse tempo,beijokas.

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Ja vi a tua 1/2 foto ali abaixo! adorei a tua historia de criança, é tipicamente inocente! eras uma amorzinho... em Angola tb, os estudantes la usam bata branca, apenas mudam os feitios consoante o ano de estudo.

Beijo enorme!

A Elite

susana disse...

ola!gostei tanto da historia :) nunca usei uniforme na escola mas uso bata agora ;)beijinho. é tão bom ler-te!

Kikas disse...

Lololol....coitado do futuro sr. doutor....hihihi....situação engraçada...mas tinhas toda a razão....estavam vestidos de igual...se ele era bem mais velho e estava com roupa igual...só podia ser mesmo burro....ehehh...Boa saída!!! Beijokas!!!

Miss Slim disse...

Sempre detestei bata e uniforme na escola, mas lá tinha de usar, que remédio.

Mas que poupava a roupinha, lá isso é verdade.

O chapéu do teu Iluminado menino, está o máximo.

Bjo

dharma disse...

Bom dia Turb-Ó-lenta. Que engraçada a tua estória. Devias ser uma miúda pouco reguila, pelo que nos contas sempre. Nunca usei bata, pois deveria!, mas a minha mãe sempre foi muito anti-sistema e nunca me comprou bata branca :) e eu sentia-me uma alien mas podia correr e cair à vontade e não ficava a chorar como os outros meninos, que ficavam com a alva bata suja e ouviam raspanetes :) Tudo tem as suas vantagens e desvantagens.
Ao contrário, a minha irmã fez o primeiro ciclo num colégio de freiras, onde era a terrorista de serviço. Hoje nem se consegue aproximar de uma igreja, enjoada de tanto pai nosso e avé maria. Já estou a divagar. Beijos, adoro as tuas estórias, fazem sonhar e correlacionar com as nossas próprias...

dharma disse...

Olha o "Zé"! Vejo que herdou o bom fumor da mãe, bem-vindo!

dharma disse...

Bom humor, chiça!

Mamã Martinho disse...

Adorei este episódio! As crianças têm sempre saidas muito boas, apesar de por vezes envergonharem as mães. Eu tb usei bata, mas a minha era aos quadrados vermelhos e brancos... Não sei qual era melhor. Ha e o meu filhote tb usa bata, no infantário e dele já e verde.

Bjs

Mónica

Estela disse...

Bem, devias ser fresca...mas o certo é que me pões sempre de sorriso no rosto, qd aqui venho, isso sem duvida!!!
Beijinhos, continua assim

Bolota disse...

Ai Turbolenta!!! Eras fresca, eras!
Ainda é bem que continuas por aqui com as tuas histórias!

Bom fim de semana!

Bjos :o)

Lídia Lopes disse...

Olá,
Estou aqui deliciada a ler as suas histórias. Não se consegue começar a ler um post seu sem o terminar.
Um beijo e bom fim-de-semana!