sábado, julho 19, 2008

TUNISIA


A Tunísia não é só praia.
É um país de grandes contrastes, de outros hábitos. Um país que tem vindo a crescer bastante para o turismo. Com uma população que pouco passa os 10 milhões de habitantes e que regista cerca de 4,5 milhões de turistas ao ano), e sendo um país bastante grande, as cidades distam muito umas das outras. Todas diferem muito entre si, mesmo as que estejam mais perto .Sendo um país do continente Africano tem muitas carências a vários níveis.
Contudo, a ideia que tenho é que é um país bastante desenvolvido e evoluído para o clima que tem. A continuar assim, e se lá voltarmos daqui a 10 anos, não o vamos conhecer.
Poderá parecer uma rua de uma qualquer aldeia. Mas é uma rua de uma cidade.Aqui está uma das diferenças entre a Europa e África. Tudo é exposto às portas (tanto o que se vende como o que fabrica)
Ainda na cidade há cabras nos passeios
É vulgar (zona sul) a exposição de animais para venda à beira das estradas.Este, por acaso até estava bem recolhido e à sombra pois estava à porta do talho.
Hábitos diferentes dos nossos

Foto feita numa cidade. Mas o mesmo acontece seja onde for. Pela hora do calor os homens aproveitam as sombras para descansar.
Ninguém se admire se , ao dar uma voltinha numa noite de Verão, encontrar os homens a dormirem no passeio, à porta de casa, em cima de um colchão. Faz parte dos seus costumes !Eles podem estar ali a dormir ao fresco.Elas ficam em casa com os filhos.
Nunca há uma única mulher numa esplanada. Isso faz parte dos seus hábitos e preconceitos.
Para elas está destinado, quase em exclusivo, o trabalho no campo.
Para eles : o comércio. Apenas vi na Medina de Sousse uma mulher a vender roupa.

Já anteriormente vos falei dos diversos meio de transporte e que tudo "viaja"nas carroças.
Como podem ver não menti!

Sei que esperam fotos bonitas, daquelas que preenchem o imaginário dos turistas.
Praias bonitas, piscinas, monumentos, etc....etc....
Lá chegaremos!
Vamos com calma!
Bom fim de semana





9 comentários:

Gata Verde disse...

Touzer...linda!!!

beijos

HelloCátia disse...

^Tiiiiia ...

Qe lindo qe aquilo é

beijinhos
bom fim de semana

Helena disse...

Não seria capaz de viver numa sociedade assim. Sempre vivi rodeada de mulheres muito fortes, com um papel muito definido na família e na sociedade.
É uma questão cultural que, passe o eufemismo, eu questiono. Sejam homem ou mulher, são pessoas, com direitos e deveres.


E há melhor transporte que a carroça? O "motor" não precisa de petróleo e os gases emitidos não poluem tanto.


bj
aguardo nova crónica de viagem. ;)

Ana Bastos disse...

olá!
continuo a adorar a reportagem :)
voltarei p o próximo episódio :)))

Boa Semana!!!

bjinhusss

Framboesa disse...

Olá!
Mais uma voltinha!
Acho sempre bom ver tb o lado menosturistico dos locais q se visita...e tu fazes isso na perfeição....as fotos são bonitas em si, pq expressam a realidade e o q se sente..mais do q um postal com águas azul turquesa.

Fico a aguardar tb o outro lado da tua viagem...mas ate agora estou a gostar bastante ....no todo :-)
boa semana

Bolota disse...

Olá querida Turbolenta!
Estou a adorar esta reportagem! Ao mesmo tempo está a crescer dentro de mim uma vontade de conhecer este país que até há pouco tempo, não me despertava qualquer interesse...
Quanto às peças feitas em pele de camelo, sei bem do que falas... O meu marido comprou uma pasta para o portátil na FIA, este ano... a dita pasta ainda está na garagem a arejar e quando lá entro penso sempre que estou a entrar num "cemitério de ratos" tal é o cheiro!!!
Beijos grandes!

Ana Sofia disse...

é um país de contratstes realmnt. faço a comparação c marrocos ond tt os costumes cm o meio envolvente é semelhant. tnho um gd desejo d visitar tb a tunisia. li o teu post anterior e deu-m vontad d rir lmbrar-m d uma situação em marrokos kd fui a uma venda e aceito sem regatear o perço k m é dito plo vnddor. Axei cómico o facto d o gajo s ter sntido ofndido e kd percebi pk, foi uma pedra. Ks k levava o artigo á borla.
Bjs

Migas disse...

Olá Turbolenta! Vejo que adorou estas férias! Consigo encontrar muitas semelhanças com Angola (na pobreza, sobretudo) mas, sem dúvida que a Tunísia é bem diferente, para nós ocidentais/europeus. Ainda não fui a um país desses (mulçumano) mas ando bastante curiosa sobretudo pela diversidade e diferença. Como adoro arquitectura, ando a querer visitar um país que me mostre essas diferenças. Adorei estes posts e agora fica a dúvida para mim: marrocos ou tuníia? :o)

Flávia de Almeida disse...

Nossa q viajem linda, muito diferente de tudo q vi. Amei