segunda-feira, julho 14, 2008

TUNISIA

A nossa aventura começou logo em Lisboa.
O avião de carreira regular da Tunisair (Airbus A 300-600 R ) nunca mais se dignava aparecer.
Resultado: 4 horas de atraso e direito ao jantar no Restaurante do Aeroporto ( à borlix).
Finalmente cerca de 270 pessoas "engaioladas" naquela geringonça, com os reactores a roncarem, e lá veio o jantar a bordo:
E como eles sabiam que eu estava de dieta (?) , serviram este belo jantar:
Uma salada de atum com milho ,feijão verde,batata e rábano. Um prato quente de frango com um arroz de não sei quê (picante.... que a minha língua mal o provou, esticou-se toda até ao cockpit).Ficou por comer.
Pãozinho, manteiga, queijo ,bolinho de chocolate , água, vinho e café ou chá.Logo pela manhã, o descobrir, na capital, os vários meios de transportar tudo quanto é coisa.
( Para a próxima mostro mais...)
Aqui, a caminho do mercado, os molhos verdes (acho que eram nabiças), já iam mais murchos que sei lá o quê.
Se a ASAE por lá passasse.........Gostei da arquitectura das casas. Impera o branco nas casas e nas janelas e portas um azul forte e majestoso. Têm janelas lindíssimas . Os gradeamentos todos em ferro trabalhado também merecem a nossa admiração.
E, como não podia deixar de ser: uma visita ao Museu do Bardo.
É o chamado Museu Nacional da Tunísia. Ele encerra toda a história daquele país. Tem expostas obras interessantíssimas que retratam todas as épocas de invasão e domínio dos povos que por lá passaram. Mas é mais conhecido como o Museu do azulejo. Estão presentes em grande parte das paredes, e piso. A sua vasta colecção é algo de muito belo, diversificado e interessante.A não perder!
Podem ampliar as imagens
Com a capital para trás, havia que desbravar um longo percurso através de paisagens muito diferentes umas das outras, como esta.
Aqui o deserto ainda era uma "miragem" de tão longe que estava.Mas aqui havia vegetação bem verdinha . Algo que, a pouco e pouco deixaríamos para trás.
O Árabe é a língua oficial.
Embora haja indicações sempre em Francês também.
Foi-nos dito pelo guia que o Francês é obrigatório na escola e que a Universidade é gratuita.
E posso dizer-vos que, em algumas cidades vi cidades universitárias melhores, mas muito melhores que a nossa aqui de Lisboa.
Aqui estão elas: as chamadas rosas do deserto.
E resultam da cristalização de vários minerais.
(A pouca chuva que cai no deserto é toda absorvida pela areia, rica em gesso. Entra rapidamente no solo. Como logo de seguida está sujeita a temperaturas elevadíssimas, faz-se logo a total evaporação da água. Fica então o gesso cristalizado dentro dessa massa da areia. Este lento processo tem origem entre o manto de sal seco (do Chott El Jérid) e faz-se alguns metros abaixo da linha de água salgada).

E em Douz lá estavam eles à nossa espera.
Havia dromedários em quantidades industriais.
Segundo me disseram, há por ali mais de 500 destes animais à espera dos turistas.
Havia que vestir aquelas fatiotas dos berberes e pôr na cabeça aqueles metros de tecido formando um lenço, para nos protegermos do imenso calor.


Pois........
Mas antes de chegarmos ao passeio de dromedário, ainda há muito que palmilhar e muito para vos mostrar.
A viagem segue dentro de momentos!

6 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Aproveita bastante, Turbolenta! Já fui e delirei com algumas das paisagens / culturas encontradas!

Beijocas!

Ana Bastos disse...

olá!
adorei as reportagens! Aguçou a vontade de conhecer e... aguardo por mais ;)))

boa semana!!!
bjinhu

vamos passear dollys! disse...

Eu acho que devias tirar um curso de jornalismo ou de fotografia...nunca é tarde para isso eh eh eh..ainda por cima agora com os exames para maiores de 23 anos era que nem gingas..pensa nisso ! assim podes viajar e dar a conhecer.
qual gonçalo cadilhe qual quê!
turbolenta é que é !
beijos

Luazzinha disse...

:)
ola
o meu irmao este ano tb foi pra tunisia e amou!
bjs

Framboesa disse...

Ai melher...com tanta informação e tão promorosamente ilustrada...axo q ja n preciso de ir á tunisia!lol
parabésn pelo gosto do relato e das fotos:-)
beijinhos aventureiros acompanhados de uma rosa do deserto

Pedaços de Mim disse...

Olá. Tudo bem? Era para te dizer que eu mudei de blog, deixo de ser Mudanças de vida ( antiga M (em dieta)), para passar a ser Pedaços de Mim com outro blog!
http://perderunskilos.blogspot.com