domingo, julho 22, 2012


Ontem , ao regressar a casa, encontrei uma vizinha que já não via há algum tempo.
Vinha com um andar  tão fatigado que lhe perguntei se estava com algum problema .
Ela, alegando que este calor dava "cabo dela", apontou-me para os pés para que eu visse umas manchas escuras com aquilo que me pareceu um surto de eczema. Era a pele  manchada numa determinada zona e com zonas escamosas dando até a impressão que houveram ali feridas que estavam em cicatrização.
Perguntei-lhe o que era aquilo e ela disse: "custa-me muito a andar e por isso comprei uns sapatos muito molezinhos, estilo pele de luva e olhe o que eles me fizeram. Tinham uma tira larga e quando os descalcei senti alguma comichão. Mas como andava tão bem com eles, no outro dia calcei-os novamente para ir às compras. A comichão era tanta , tanto ardor, que nunca mais os calcei. Foram eles que me fizeram estas manchas que a srª vê aqui no peito dos pés".

Lá me foi dizendo que foi ao médico várias vezes, que já tomou uma catrefada de medicamentos mas que anda assim há bastante tempo e não vê jeito de melhorar.

Por isso, quando hoje recebi um mail com as fotos que anexo, não pude deixar de relacionar uma coisa com a outra  e pensei que talvez a minha vizinha tivesse comprado os tais sapatos numa qualquer loja de chineses.

Se assim for, este produto químico a que o mail se refere é utilizado por eles no fabrico de alguns- todos - ou quase todos os tipos de calçado.

O mais barato por vezes acaba por sair bem mais caro e com bastantes prejuízos para a saúde.

Devemos lembrar-nos que os pés são o sustentáculo do nosso corpo. 
Por isso o calçado deve ser de boa qualidade, macio, confortável e quando os comprarmos  devemos ter em atenção se, por exemplos, as tiras nos aleijam, se incidem em determinadas zonas críticas do nosso rico pé e se não nos magoarão com o uso.
 Isto é bem mais importante que eles serem bonitos e estarem na moda.
Sapatos há muitos.
Pés só temos os nossos e temos de os tratar com todo o carinho e atenção.

Aqui fica o alerta.

Pela minha parte confesso que não sou consumidora de artigos de lojas chinesas.
Fujo de artigos de calçado e vestuário de fabrico chinês como o diabo foge da cruz.

Tenho sempre o cuidado de ver bem as etiquetas.
Sapatos : só mesmo em pele
Tecidos : rejeito poliesteres e dou preferência a algodões , linhos e viscoses.




 Cuidado com os chinelos de praia chineses - IMPORTANTE



Devemos prestar extrema atenção às HAVAIANAS importadas da China, porque eles estão a usar um produto químico nas suas produções.
ATENÇÃO O USO DOS PRODUTOS PODE MESMO SER fatal.





3 comentários:

kikas disse...

Olá boa tarde,
Tem muita razão. Mais vale gastar mais um pouco mas, evitar problemas de saúde.
Bjs e boa semana.

Mamã Martinho disse...

Não consigo ver as imagens...

Por acaso já comprei sapatos e roupa lá, mas tenho sempre muito cuidado com o que compro e claro sei que não é para durar muito!

Bjs

Mónica

Rafeiro Perfumado disse...

As imagens não carregam, Turbolenta, mas penso que já as vi algures. O barato sai caro, e com a saúde não se brinca. Beijoca!