domingo, julho 01, 2012




Já andava há algum tempo com ela debaixo de olho. 

Primeiro foi o espanto de ver esta verdadeira obra de arte  quase à beira de uma estrada pela qual eu já não passava há muitos anos.
(Sim, porque isto de ir a maior parte dos fins de semana à aldeia e continuar a utilizar tudo quanto é auto-estrada e Scuts tem custos muito elevados e , sendo assim, isso  passou a estar fora de questão.) 
 Depois foi apreciá-la uma segunda vez para ver se , afinal, aquele enorme arco acoplado a uma parede lateral teria alguma utilidade ou seria apenas um enfeite ou algo para lhe dar algum equilíbrio estético em relação à zona envolvente.
Depois de muito pensar não achei nenhuma resposta.
Ou melhor: a obra não deve ser de nenhum famoso arquitecto, senão teria ganho com ela algum prémio e isso seria do conhecimento do grande público.
Portanto, e na minha modesta opinião isto é mesmo obra de "génio" principiante na arte de bem construir e que , por ter medo que o imóvel caísse resolveu juntar-lhe este arco. 
Mas, para os habituais viajantes no meu carro, ela é apelidada da "casa da geringonça".
 E posso dizer, tal como um monumento: nunca deixa de ser devidamente apreciada .

Qual a vossa opinião?

4 comentários:

kikas disse...

Olá boa tarde!
Concordo plenamente consigo! De facto, não se encontra mais nenhuma utilidade para tal "gerigonça" conforme tão bem apelidou!
Bjs e boa semana.

luci disse...

Que interessante eu acho que era para não cair tipo um travamento ou ele apenas queria uma construção diferente adorei beijos

kikas disse...

Olá boa tarde obrigada pela visita! Um excelente fim de semana! Beijinhos!

Rafeiro Perfumado disse...

Acho que é um poleiro gigante para os pássaros das redondezas. Beijocas!