sábado, dezembro 13, 2008

EUROMILHÕES

Desejo Boas Festas a quem por aqui passar.

(foto:tirada Lisboa- Elevador de Santa Justa 11.11.2008)


EUROMILHÕES

Ganhei!

Ganhei!

Finalmente!

Há tanto tempo que esperava por este momento.

Agora já posso dar “andamento” a alguns dos meus sonhos.

E qual o destino a dar a este dinheiro?

Um carro novo…. Uma grande viagem….

Estes são os desejos de todos quantos ganham concursos, lotaria ou qualquer outro jogo da Santa Casa ou de Casino.

Comigo é diferente: pensei em arranjar um grande terreno e criar todas as infra -estruturas para fundar um Lar para a 3ª idade. Seria diferente daquelas casas onde os velhotes são, na maior parte das vezes, deixados sem o mínimo de condições, sem assistência médica e sem carinho, enquanto que os familiares pagam balúrdios para eles serem tão maltratados.

Gostaria que fosse algo muito pessoal, muito humanizado, onde eles se sentissem tal como em casa, onde cada um pudesse ter as suas próprias coisas, tomar conta do seu tempo como quisessem.

Uma grande quinta com pequenas casinhas individuais com jardins e muitas árvores e flores à volta.

Onde pudessem receber as suas visitas sem horários pré definidos. Onde cada pessoa tivesse o seu quarto com casa de banho privativa, uma salinha de estar e uma varanda onde pudessem apanhar sol. (Para os menos idosos e que estivessem no pleno uso das suas faculdades, poderia haver ainda uma kitchenet e uma zona de refeições).

Este lar não teria escadas nem degraus que os idosos não pudessem subir.

Eles seriam tratados como reis e pagariam um preço justo por estes serviços.

Entretanto: e para mal de todos nós (de mim e dos idosos) acordei.

Foi um sonho lindo. E fiquei com pena, muita pena que não passasse disso.

Não tenho dinheiro suficiente. Por isso não poderei construir um Lar.

Por isso neste Natal não conseguirei dar grande ajuda aqueles que muito precisam.

Resta-me passar um Natal igual a tantos outros.

Com as mesmas pessoas. Nos mesmos locais. Fazendo as mesmas coisas de anos anteriores, tal como se de uma rotina se tratasse.

Sei que nessa festa da família terei de ser a cozinheira de serviço: Bacalhau, polvo, cabrito, perú, bolo rei, tronco de Natal, azevias, filhós, sonhos, rabanadas, beignetes, pudim, frutas, frutos secos, champanhe…. Enfim….um rol de iguarias que todas juntas….bem…..só espero mesmo que ninguém fique mal disposto….

E onde estão os mais idosos neste meu cenário natalício?

Sentados à lareira, o mais confortavelmente possível, com uma mantinha de lã sobre os joelhos, enquanto batem dois dedos de conversa com os netos e amigos, olhando de soslaio para a televisão, ou então…..batendo uma soneca com os pés bem quentinhos.

Mas…

Decididamente o Natal já não é o que era.

A partir do momento em que os Pais Natal já se vestem de verde…

tudo pode acontecer!

Até eu ganhar o Euromilhões e poder construir o tal Lar.

(Foto tirada no Rossio em 11 Novembro 2008)



7 comentários:

Alfredo Caiano Silvestre disse...

Olá.

A partir do momento em que os Pais Natal tornam a vestir-se de verde, abandonando a cor Coca-Cola.

E um Bom e Verde Natal.

Gata Verde disse...

Esperemos que um dia esse teu sonho se realize, até lá vamos tentando amar e mimar ao máximo os nossos velhotes!!!

Beijocas Natalícias...

susana disse...

Como seria bom se ganhasses o Euro Milhoes e esse lar assim se criasse!
Porque cuidar dos outros é Natal!

Beijinhos e boa semana!

Mamã Martinho disse...

É pena que não ganhes o Euromilhões. A tua ideia era fabulosa!

Bjs

Mónica

Gio disse...

Eu se tivesse essa sorte criava uma quinta muuuuuito grande com canis, gatis e todos os is que eu pudesse criar para levar a bicharada toda comigo... eu sou assim... meio diferente dos outros, eheheheh

Anónimo disse...

Adorei a ideia, pois eu também sinto bastante afinidade com os velhotes e nesta epoca sempre pensamos mais neles.

Eu cada vez menos gosto do Natal, e da época, espero vir a recuperar essa alegria de novo com a minha filha.
Eu lembro-me de como adorava o natal noutros tempos, não só pelas prendas, mas pela visita dos meus queridos avós, das bonecas de trapos feitas com carinho pela minha avó, das historias diferentes de todas as outras que ela contava....infelizmente ja não estão presentes fisicamente entre nós, a familia vai ficando mais pequena e perde-se um pouco o espirito de natal....e começa a era do consumismo, cinismo, e muitas coisa sacabadas em "ismo".

Eu acho que se ganhasse o euromilhoes também fazia, muita gente feliz, tentava ajudar muitas pessoas que dormem nas ruas, instituições sei lá..... ha tanto quem precisa, muito mais que nós.

Desculpa o meu dasabafo.

Um feliz Natal para todos.Alda

PS: tem alguma receita boa de cuscuroes e filhoses???

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

O teu projecto é lindo! lindo demais e sei que muitos gostariam de participar em tal projectos :)

Beijo meu ♥,

A Elite