segunda-feira, outubro 20, 2008

GARATUJADAS EM LISBOA


Não mo digam, pois sei que é moda.Também sei que os apoiam.
Bem sei que dizem ser uma forma de expressão (dita cultural)…Que representa uma certa classe, geralmente juvenil.Mas não é coisa que eu aprecie.E tenho direito a ter opinião!E quando digo isto não estou a referir-me aquelas verdadeiras obras de arte, feitas por autênticos artistas profissionais de graffitis, bem desenhadas, bem pintadas, de intenso colorido, que são um verdadeiro deleite para a nossa vista.

Essas merecem toda a minha atenção (e até fico com muita pena de não conseguir fazer algo assim).

Estes últimos deviam ser apoiados e aproveitados, tendo em vista o reconhecimento pelo bom trabalho produzido, e, como tal, deveria ser devidamente preservado e, por isso mesmo, estar em locais de culto , tal como uma obra de arte está num museu. Preservado.Qualquer um a podia visitar.
Ela não estaria na rua, à mercê das intempéries nem à espera que os outros, os tais a que primeiro aludi ao dizer que não gosto deles e, num gesto de total desprezo pelos verdadeiros “artistas” e

stragassem a obra com garatujadas que nada dizem ao mais comum dos mortais.

Talvez a Marisa Cruz pense como eu, senão não teria chamado alguém com valor para decorar o interior da sua loja de roupa .

Casualmente na 5ª feira fui a Lisboa .À zona de Santos e subi até à Bica e Chiado.

Como o elevador está em obras, subi desde a zona do C.Sodré ”a penantes”, até à Calçada do Combro.

Gostei do percurso por aquelas ruas inclinadas e estreitas que os turistas tanto apreciam.
Havia-os lá “às carradas” de máquina em punho. Eu até mais parecia um deles.

Mas, no meio do meu encantamento, algo me chocou profundamente.Como é possível que a maior parte das paredes daquelas velhas e típicas habitações da Lisboa antiga estejam repletas de : riscos, letras e de garatujadas ?

(Claro que também não há respeito pela sinalização)

Tanto quanto sei, apenas esta parede que suporta o gradeamento para o Miradouro de Santa Catarina (mais conhecido por Adamastor) está autorizada a ser todos os anos redesenhada e pintada na altura do Santo António.

Aqui, inicialmente alguém pintou um graffiti. Logo veio um "escrivão "fazer umas letrinhas por cima.

Por isso, quando na 6ª feira deparei com esta notícia no jornal, pensei “cá com os meus botões”:

Ora aí está um boa tomada de posição!
Se fosse eu fazia o mesmo!

Pena que seja só no Bairro Alto que tenha havido esta tomada de posição.
Devia haver leis neste sentido. As Câmaras e Juntas de Freguesia deviam poder ter uma palavra a dizer.
Ninguém devia ter direito a estragar e sujar o património das outras pessoas.
Cada um devia ser responsabilizado pelos seus actos.

Ora então aqui vai a notícia:

(Fonte C.Manhã):

Fachadas do Bairro Alto

Graffiters limpam.

Os detidos em flagrante delito a pintar graffitis no Bairro Alto, Lisboa, serão castigados com a limpeza e pintura da fachada que danificarem, de acordo com um protocolo assinado ontem entre Francisca Van Dunem (Procuradora-Geral distrital de Lisboa), a Câmara e a P.S.P.

Posto isto, lembrei-me que, mal tinham tirado os andaimes ao prédio onde eu comprei um andar, (no qual apenas e ainda 2 casas haviam sido vendidas)…. e logo apareceu “ uma inteligência” que num fim de tarde o foi “autografar” todo a preto.
Teve azar!
Assinou a obra.
Alguém viu e o construtor apanhou-o de seguida.
Os pais foram chamados a reparar os danos e obrigados a pagar a limpeza de toda a fachada danificada. Em casa, o “menino” deve ter levado uma reprimenda, pois este “ artista” nunca mais produziu nada igual!
Pelo menos por aquelas bandas!

Posso saber qual a vossa opinião?

15 comentários:

Juanita disse...

bem sou a 1ª!!
pois eu destesto ver essas gatafunhadas nas paredes!!
como sabes tenho um filho e se algum dia ele fizer uma "proeza" dessas, serei a propria a obriga-lo a limpar!!
acho que há sitios apropriados para tudo...e rabiscos nas paredes não senhora!!

aqui á uns anos atrás, hove um engraçadinho desses que resolveu escrever umas palavras no meu carro...letras vermelhas, carro branco! como podes deduzir fiquei radiante!! acho que se tivesse apanhado o inteligente, que o tinha feito limpar aquilo com a lingua!!

beijocas

Gio disse...

Pois a minha opinião deve ser a de qualquer pessoa com um minimo de testa... e como a tua. Pinturas sim, rabiscos não. Aqui no Seixal volta e meia fazem uns concursos de grafitti ao pé do Forum e isso sim, encontram-se por la algumas obras de arte.

Alexandre disse...

Fantásticas as tuas fotos e a chamada de atenção - há uns bons 20 e tal anos que não passo aí - tinha uma tia que morava aí perto e na altura gostava imenso de deambular por essas zonas. Tenho que lá voltar! Obrigado pela sugestão!!!

Muitos beijinhos!!!

susana disse...

Sim, é mesmo verdade. Não devia acontecer assim. Há liberdade mas tambem é preciso haver respeito pelas coisas, pelas casas, pelos espaços.

Um beijinho*

a saude vai bem? :)

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Eu não gosto nada de TAGS... ha uma entidade aqui em Paris que passa com os seus mini camiões na cidade inteira e é tudo para trabalhar limpado as porcarias que os putos escrevinham aqui e ali. Ha a arte (os verdadeiros desenhos) e ha a mais besta sujidade... e falta de respeito com o patrimonio...

Beijo meu ♥,

A Elite

Gata Verde disse...

Deviam ser os próprios a limpar a porcaria que fazem!

beijocas

Ana Bastos disse...

a minha opinião é a mesma que a tua, gatafunhadas NÂO!!! e essas ruas e essas zona que acho lidissima é uma pena estar toda riscada. E gostei quando ouvi a noticia que já andavam a tratar(limpar) do bairro alto! Pena que essa gente que gosta de riscar volte a parecer quase de certeza!!! deveria haver uma tomada de posição séria em relação a castigos a esses engraçadinhos. Grafitti gosto com certeza. Há grandes artistas... mas isso é outra coisa!!!

boa semana!
bjinhu

Anónimo disse...

Também sou da mesma opinião....adoro grafitti pois acho que é uma arte como outras que há, mas o que fazem por ai não se chega nem aos calcanhares dos que fazem grafitismo de verdade, nem sequer são rabiscos de quem esta ainda a aprender, são sim...uma autentica porcaria ( para não dizer outra coisa), são riscos, especies de assinaturas, gatafunhos que só poluiem os nossos olhos....odeio

beijinhos
Alda

Helena disse...

Graffitis sim tags não.
Adoro a esplanada do Adamastor, com a sua vista de cortar a respiração, em noites de Verão. E os bares da Bica! Ai bejecas, ai Verão!

Rafeiro Perfumado disse...

Já em tempos escrevi sobre este tema. Há, efectivamente, alguns artistas que merecem ter as suas obras em exibição, sempre e quando os locais onde o façam sejam autorizados. Agora a maioria, esses era dar-lhe um tal enxerto de porrada e no fim limparem a parede com o focinho. Garanto que não voltavam a fazer o mesmo...preni

Rafeiro Perfumado disse...

Preni? Vez no que dá a porcaria do Word Verification?!? AHHHHHH!!!

Sakura (Ana Sofia) disse...

a minha franca opinião é k deviam limpá-los c a lingua! já vi grafitis espectaculares. Andei inclusive numa escola secundaria onde se disponibilizou um muro p grafitar... em condições... akelas tretas escritas à toa p mim n são arte... são badalhokice mm!

Bjs

Juanita disse...

passei para te deixar uma beijoca!

tou de volta...aos poucos...

beijos

Rafeiro Perfumado disse...

Já é a 4ª vez que aqui venho e continua a mesma garatujada? Ai...

Anónimo disse...

O trabalho na loja Marisa Cruz foi feito por Ricardo Quintela da http://www.glesc.net