domingo, novembro 18, 2012

E depois de alguns "azares" que passaram por uma cirurgia da minha filha, eis que agora a "aquisição" mais recente parece ser uma grande gripe que se avizinha. Pelo menos aquela sensação de congestionamento,de nariz com alguma comichão a nível interno, uma vontade incrível de fechar os olhos e dormir , um frio entranhado nos ossos...Tudo isto se avizinha a passos largos. 
Por isto e por muito mais decidi enroscar-me no sofá, lareira acesa, manta sobre os joelhos e um chá bem quente para acompanhar a primeira dose de cavalo de comprimidos para o emergente estado gripal.
Mas como os doentes estão sempre piores para a tarde, esta manhã, por volta das 10 h já estava no Almada Forum esperançada em encontrar umas camisolitas bem quentinhas, pois o frio agora parece ter vindo mesmo para ficar.

É impressão minha ou este ano nas lojas dos shoppings continua a ser Primavera, pois roupa mais quentinha ainda quase não se vê nas prateleiras?

Bem sei que este é um país soalheiro,mesmo assim com umas temperaturas relativamente amenas para esta altura do ano( nos dias em que há sol, claro!) , mas ainda há pouca oferta neste campo nas lojas.

E será impressão minha ou tudo subiu vertiginosamente de preço?

É que eu ainda hesitei em dar ou não 60 € por uma "camisolita" para a minha friorenta pessoa....
Mas como não havia muito por onde escolher e penso que, quem compra barato ou de má qualidade acaba por comprar 2 vezes, lá me resolvi...
E, apesar de já haver enfeites natalícios nesta altura do ano, o certo é que nem parece estarmos quase a um mês desta época festiva.
As pessoas parece-me irem mais ao shopping para ver que para comprar. Ou então para estarem mais quentinhas...
Afinal a crise é enorme e assustadora para a bolsa dos portugueses.
Por isso já decidimos que prendas só mesmo para aniversariantes ou crianças.
Como na família não há crianças, dessas despesas estamos libertos.
Mas já estou a esfregar as minhas ricas mãos.
E sabem porquê?
Porque como daqui a pouco faço anos acho que ainda vou ter algumas prendinhas!
Pois....mas não pensem que tudo são "rosas". É que como nasci 1 dia depois do Natal há sempre imensos restos da consoada . Por isso o jantar de Natal acaba por terminar numa ceia e ao bater da meia noite já é dia seguinte e, como tal, hora de abrir o bolo e cantar os parabéns à minha pessoa.
E isto para já não falar que acabo por receber as prendas - as chamadas 2 em Um.
Afinal , para mim, sempre houve crise nestes 62 anos de existência!
lol lol
  

  

4 comentários:

kikas disse...

Olá boa tarde,
Desejo-lhe rápidas melhoras. Tudo de bom e o que precisar, disponha.
Bjs e boa semana.

Anónimo disse...

Olá Turbolenta,

Espero que os azares já tenham acabado e as duas doentes mãe e filha, estejam a recuperar.

Eu também acho que os preços estão muito elevados para a qualidade da roupa, e realmente parece que a moda é roupa fina... Já dizia a minha avó, sofrer sofrer para bonita ser...e hoje em dia é mais por ai...é mais bonito mostrar a barriga ou as curvas numa blusa fina e penar com o frio, do que vestir camisolões,que não ficam tão bonitos. ehehehe

E acho que com o aproximar do natal não é só a roupa que esta mais cara, noto bastante até mesmo nos produtos alimentares, uma semana é um preço, na seguinte já aumentou 20 ou 30 centimos. Enfim...

Por cá ainda se dão prendas no natal, mas todas artesanais e baratinhas, compradas só mesmo para a única criança da familia ( e mesmo assim controladas, pois não precisa de muito para ser feliz).

Beijinhos grandes e as melhoras.

Alda

Mamã Martinho disse...

Espero que estejam melhores!

Bem a crise valeu-me de uma coisa, que foi a desculpa de andar a comprar lembranças para todos! Continuo a oferecer prendas para as crianças (compradas ou feitas) e para a familia directa, nesta caso apenas feitas, mas de resto deixei de oferecer!!!

Bjs

Mónica

Rafeiro Perfumado disse...

É por esse tipo de coisas que eu acabei com as prendas de Natal ainda em Outubro! Beijoca!