segunda-feira, janeiro 04, 2010

DAQUI A POUCO VOLTO

Este blogue não está encerrado.
Apenas em tempo de intervalo.
E a sua dona a braços com a difícil missão de "armazenar" 20 kg de roupa de Inverno (pesada e volumosa) numa mala que ............dizem eles.......não pode levar mais que aquele peso.
(E já agora porque é que, em viagens para a Europa há companhias que permitem mais 3 kg nas malas de porão?)
E o pior é que muitas das que só permitem os tais 20 Kg cobram logo o excesso de bagagem, que até tem um preço.......bem jeitoso!
Com a agravante da viagem não ser por 8 ou 15 dias mas por 6 meses.
Alguém me dá uma dica como conseguir este milagre?
Pois é...a roupa entra... a roupa sai... é substituída por outra...mas a peça anterior é precisa e volta a fazer parte do conteúdo da malinha...
Volta tudo à estaca 0.
Assim que consiga decifrar esta charada eu voltarei a estar aqui convosco.
Até breve!
Beijos

5 comentários:

Juanita disse...

6 meses??!! minha nossa!!
Desejo-te boa sorte!!

beijos e um bom ano!

Mamã Martinho disse...

Bem, sempre deves ter conseguido o apartamento! ;-)
Boa sorte com a mala. Realmente devia ser possivel enviar malas "à parte".

Bjs

Mónica

Anónimo disse...

O excesso pode sempre ser enviado por correio ou por uma destas empresas que entregam encomendas, talvez fique mais barato do que pagar à companhia de aviação

Anónimo disse...

Pois arrumar roupa e essenciais para 6 meses, que pese apenas 20KG, não deve ser tarefa facil é sem duvida um grande desafio.

Boa sorte.

Alda

Je Vois la Vie en Vert disse...

Talvez chego um pouco tarde para te dar uma dica mas como também viajo muito e levo e trago coisas para as famílias de lá e de cá, escolho uma mala leve mas com boa protecção lateral (Samzonite). Dantes usava as rígidas mas a mala vazia já pesa 5 kg ou quase...
Guardo todas aquelas embalagens de plástico transparente com bolinhas (que é giro rebentar mas não as rebento...) e utilizo caixa isotérmicas fofinhas para embrulhar as coisas mais frágeis que ficam, evidentemente colocadas no meio de roupas e junto às protecções laterais. Bem embrulhadas, já trouxe garrafas de azeite...Levo a roupa mais pesada no corpo com cinto mais pesado, colares, botas, mala de senhora "relativamente" grande (sem ser enorme senão dá nas vistas...) e mala de cabine também feita com material leve e coloco o máximo que puder e se eu estiver acompanhada com alguém na altura do registo das bagagens, então as coisas mais pesada são postas num saco de plástico que a pessoa que me acompanha tem na mão, no caso de alguém querer fazer excesso de zelo e pesar a mala de cabine - dizes : Oh só tem algumas roupinhas leves que terás deixado... - e quando estás longe dos balcões, colocas de novo as coisas pesadas na tua mala de cabine antes da despedida da pessoa que te acompanhou! Vais dizer-me é desonesto mas parto do princípio que eu não sou gorda, o meu peso no avião é fraco, então em vez de ter comido os chocolates belgas, coloco-nos na mala para os comer (e oferecer) pouco a pouco e não engordar...
Normalmente se tens 20,5 kg, ninguém te vai cobrar nada pela tua mala de porão mas pelo sim pelo não, deixo sempre uma coisa que posso prescindir ao pé do fecho para o retirar no caso de... - voltei de viagem ontem e era uma lata de conserva que teria deixado se fosse necessário...-
Evidentemente, a minha mala (ou saco) de cabine tem rodinhas (indispensável) mas depois de viajar, como já tenho grandes problemas de coluna, esta se queixa durante vários dias mas pelo menos tenho as coisas.... LOL

Cara Turbolenta, entrei no teu blogue passando pelo blogue do Osvaldo que é meu amigo bem com a Ana e estou na mesma casa do que tu (56). O meu blogue é um espaço optimista, como eu e como tu, tenho o sentido de humor e gosto muito de me divertir.

Boa viagem !

Se não vistes as minhas dicas a tempo, espero que te sirvam para a próxima vez....

Beijinhos

Verdinha