sexta-feira, maio 15, 2009

A VIDA PORTUGUESA DESDE SEMPRE

Hoje dou-vos a conhecer ( ou relembrar) a existência de uma loja em pleno Chiado Lisboeta.
Fica na Rua Anchieta nº llEstá aberta das 10 h às 20 h(fecha aos Domingos)
E o que tem esta loja de especial para merecer um destaque neste meu blogue?
Pois bem, é uma loja diferente do comércio a que estamos habituados.
Nela, todos os artigos são bem antigos.Alguns (caso dos brinquedos) fizeram parte das nossa infância ou dos nossos pais.Era uma altura em que a escolha era pouca.Tudo isto fazia parte da nossa vida.
Os turistas adoram comprar bugigangas ali.Tudo é antigo.Até mesmo os expositores
Este era o creme preferido da minha mãe
E os lápis de cor que os meninos usavam na escolinha. Eram 6 cores e já não era mau.
E este o fato dos meninos da Mocidade Portuguesa.
Também tive um "objecto"destes , só que o das meninas tinha uma saia . Às 4ªas feiras era dia de fardamento.
E nada de confusões...as meninas tinham caixas de lápis diferentes.
E na cozinha usavam-se as célebres forminhas de latão para os biscoitos.
E no tempo em que as crianças ainda sabiam brincar, tinham estes brinquedos.Todos em latão pintado.
Estes moldes devem ser bem antigos pois lembro-me de ter algo semelhante mas já mais modernos.
O que eu gostava de os cortar e vestir nas bonecas...Andorinhas para varanda da Fábrica Bordalo Pinheiro das Caldas da Rainha.
Os primeiros necessaires... No tempo em que os combóios eram a carvão.
Ora aqui estão 2 presentes para darmos a pessoas de mais idade (para quem escolher algo útil e que eles gostem se torna um verdadeiro quebra cabeças. Os nossos avós adorariam receber qualquer uma destas caixas)Alguém se lembra ainda daquele reclame em que um indivíduo balouçava uma cadeira presa na boca e dizia:" palavras para quê?...é um artista português e só usa pasta medicinal Couto)
Da pasta ainda me lembrava...agora que havia os outros apetrechos masculinos é que eu desconhecia.Toda a menina da minha geração teve uma máquina de costura desta série.
lol lol
Eu tive!

E um passarinho de madeira pintada !

Mas há lá mais........
Muito mais.

Conheciam esta loja tão diferente dos nossos habituais Centros Comerciais?

Bom fim de semana

8 comentários:

Osvaldo disse...

Olá "menina";

Adorei ver estas fotos de uma loja invulgar...
Vários dos objectos que a turbolenta nos mostra, fizeram parte da infância dos quarentões, cinquentões (como eu) e mais...
Um bom endereço para eu passar se for a Lisboa.

bjs, Turbolenta,
Osvaldo

Anónimo disse...

Bem, eu sou trintona, mas ainda vi ai alguns artigos dos quais me lembro bem. Obrigada por partilhares a loja, pois acho que servirá para a prenda da minha mãe em Julho.

Bjs

Mónica

viviana disse...

É PA NAO CONHEÇO QUASE NENHUM!! QUE GIRO QUE SÃO!! JOKAS FOFASnocebo

Ana Bastos disse...

:))) lembro de alguns!!!
e consta que o creme "benamor" continua a ser muito bom para a pele. (nunca usei!) confere com a tua mãe e depois diz... que é para comprar!


bjinhu

turbolenta disse...

REsposta a Ana Bastos:
Então não sabes que o antigo ainda é, muitas vezes, o melhor?
E conheço uma srª com 77 anos que sempre usou só creme gordo e nem uma ruga tem!
E andamos nós a gastar tanto dinheiro em marcas afamadas e caríssimas...

Filha do Vento disse...

Obrigada pelo comments aos meus pinipons!
Já conhecia esta loja e ADORO!
Tenho uma paixão especial pelas andorinhas de pendurar na parede e por tudo o que é loiças da BORDALO PINHEIRO.
Apesar de ainda me faltarem uns meses para ser uma verdadeira "balzaquiana" lembro das bonecas de papel que podíamos vestir conforme a ocasião...
Adorei este post!

Gio disse...

Adorei este post, que me levou bem longe no tempo... eu tive esses lápis de cor, eu lebrou-me desse creme, o meu avô usava a pasta medicinal coto, eu tive a maquina de costura, ai que giro gostei tanto de ver estas fotos.... quem sabe um destes sabados eu dê até lá um saltinho...

Anónimo disse...

Adorei saber da existencia da loja....adoro coisas antigas, tenho algumas, que me foam deixadas pela minha falecida avó e outras que me deu a minha mãe ( tinham sido dela).

Um dia destes vou de certeza visitar essa loja, onde me devo perder de certeza...lololol

Beijinhos

Alda