quarta-feira, julho 30, 2008

TUNISIA


Aprendi que: "Nunca digas NUNCA "

Voltei com 3 fotos que acho serem engraçadas.

Miragens:Aquilo que, em sítios desertos e com o imenso calor, nos parece ver.Aquilo não está mesmo lá.
À medida que nos aproximamos daqueles objectos (fictícios) chegamos à conclusão que, afinal...nada existe.

Estes tracinhos na linha do horizonte mais pareciam árvores. Puro engano!

E agora, uma curiosidade que era minha intenção ter-vos mostrado, mas que na verdade me escapou em devido tempo.Aqui está um objecto que existe em todas as wc, quer sejam públicas, em cafés de estrada, ou em hoté de luxo.Consiste num tubo, com uma parte aberta na ponta e que se prende à parede num pequeno suporte. Logo ao lado está uma pequena torneira.
Então é assim: quem quiser pode, sem se levantar da sanita, abrir a torneira . Sai um esguicho que lava as partes íntimas da pessoa e cuja água escorre logo para dentro da sanita.Foi o único país onde vi este utensílio, cuja utilidade, ou não, eu não discuto.
Mas, pensando bem, até me parece que, num país tão quente e onde as mulheres andam tão atafulhadas em roupa, ele deve ser mesmo muito útil.
Alguém viu disto noutro qualquer país? Onde?

E por fim mostro a cama do tal hotel em Matmata, podem ver que é escavada na parede .A decoração é muito rudimentar.

E já agora: uma chamada de atenção para quem vai pela primeira vez a este país:

Logo no avião é distribuído um questionário para preenchermos.
Temos de escrever os nossos dados e para onde vamos.
Entregamo-lo ao passar pela alfândega.
Dão-nos então um pequeno destacável que temos de guardar religiosamente, pois só com esse papelinho podemos embarcar no voo de regresso, depois de o exibirmos novamente ao passar no controle alfandegário.
No hotel....... a mesma cena!
E, se por acaso , como foi o meu caso, tivermos de ficar alojados noutros hotéis, é-nos dado na recepção um questionário igualzinho....
Eles querem saber o último sítio onde estivemos e para onde nos deslocamos.
Dali ninguém foge!
Os turistas estão sob controle!

E com esta me vou........

segunda-feira, julho 28, 2008

T U N I S I A ( FIM )


E porque tudo quanto é demais enjoa e a maior parte das pessoas já passou por estes sítios, hoje é a última postagem que faço sobre este país.Também já vos disse que se transporta tudo e dos modos mais engraçados que se possa imaginar.

Aqui, a célebre palha ( esta por acaso até é muito fina porque não vai de carroça mas de carro).

E o que leva lá em cima?

Uma galinha!

O tamanho não é problema.....
A caixa da camioneta não é grande?A mercadoria"cresce" em altura!
E por ser um país com uma enorme tradição em azulejos, reparem neste "painel" que apresenta o desenho típico dos tapetes.Feito em azulejo resulta num trabalho lindíssimo.
Uma breve passagem por El Jem, debaixo de um sol abrasador.E se o Coliseu de Roma impressiona, este não lhe fica nada atrás.

Estas são as ruínas do terceiro maior coliseu do mundo.
Construído no ano230 e capacidade para 27.000 pessoas.Está em recuperação, estando a empreitada adjudicada a uma firma portuguesa.
Foi neste hotel de Kairouan

com uns quartos lindíssimos (ai estes azulejos! ....que perdição!)
Com pétalas de rosa e rebuçados sobre a cama .Elas estavam ta
mbém sobre o tapete da wc (claroque aí não havia rebuçados....)
E Reparem nos enfeites nos lambris que uniam as paredes ao tecto.
Como devem saber ,por vezes eles tentam trocar artigos aos quais normalmente não têm acesso por outros que estão a vender.
2 pessoas do nosso grupo muniram-se disto:
POis... "aquelas cabecinhas pensadoiras" tiveram a feliz ideia de levarem para o souk, 2 conjuntos destes produtos para servirem de moeda de troca por artesanato local.
(mas porque é que eu não me lembrei também?)
Mas eu não me esqueci de tomar umas banhocas na piscina do hotel
Este é um clássico........Todos o conhecem...Todos ali pernoitam. Com os quartos em que as camas estão "escavadas"na parede e em que temos a sensação de estarmos a dormir numa casa primitiva escavada na rocha.
O Hotel Diar El Berber em Matmata .É em Matamata que existem as chamadas casas trogloditas.(as tais construções feitas para que os habitantes desta zona consigam resistir aos Verões escaldantes. Essencialmente baseiam-se na seguinte teoria : escavadas na terra. Na zona central foi aberto um enorme buraco que é aquilo a que podemos chamar o átrio e que dá acesso a todas as outras divisões da casa. Aqui não há janelas. Apenas uma porta para cada divisão.( e foi em Matmata que Steven Spielberg filmou alguns cenários de "A Guerra das Estrelas").Este realizador tem uma paixão por este país, dado que outros dos seus filmes também têm cenas gravadas por estes lados, tais como:"O Retorno de Jedi" , " A vida de Brian"e "OPaciente Inglês".

Aqui, no Hotel, no terraço sobranceiro à piscina.

E no pátio que dá acesso aos quartos.Reparem na diferença de cores nestes corredores. Não são luzes. Apenaso reflexo do sol que bate no chão e reflecte nas paredes brancas, a cor do chão: azul ou verde, conforme o 1º ou o 2º andar.

Estava no restaurante quando vi este pôr do sol lindíssimo, tendo como fundo as montanhas e em primeiro plano a piscina.

E à vinda dos oásis de montanha, havia que ter cuidado pois estes agradáveis "bichinhos" podiam atravessar a estrada sem avisar ( o que por acaso aconteceu ao jipe que ía à nossa frente)Numa imensidão de areia e pequenas dunas, mais um transporte típico da zona!

lol lol
Querem dar uma voltinha?

Quem quiser também pode utilizar esta bela piscina interior.
Esta é no Rain El Ain em Tozeur( o mesmo que mostrei no post anterior apiscina exterior e as traseiras com os tais tijolos amarelos)
Em Sousse : Barcos antigos utilizados em bares.
E depois de tanta estrada palmilhar , eis-me chegada a Monastir.
Para variar......o hotel tinha piscina E praia privativa( como quase todos).

Aqui um pormenor da decoração rendilhada utilizada nas paredes e escadas deste local onde descansei uns dias.
Aliás, é muito vulgar, mesmo nas casas, a utilização destes enfeites decorativos de gesso,(assim como colunas trabalhadas nas varandas)

Então......
Viva o descanso!
E que tal?

A partir da minha cadeira podia comprar de tudo.Aqui: um pacote de tabaco por 15 € e saídas de praia.

Mas havia: tamareiras, tâmaras, amêndoas caramelizadas, uvas, papagaios de papel....um pouco de tudo.

E para dar umas voltinhas, além dos camelos havia cavalos e póneis.

O pior é que o calor apertava!Mas apertava mesmo!....Havia que ir bem cedo para a praia.

O sol acabou de nascer!Foi assim que o vi da minha janela.
Desci à praia.O primeiro turista já tinha desembolsado umas notitas para passear a cavalo.

A praia estava ainda deserta.Nunca me imaginei às 6 e pouco da manhã, com meia dúzia de gatos pi
ngados e já com os corpos bem quentes do calor!
Quando há praia por perto, a piscina não é o meu forte.
Mas neste dia ela estava linda!

FORAM BOAS estas férias!
Mas o que é bom acaba depressa!
E por estes lados.......
Talvez um dia volte, com outras (2)companhias e para outra zona.

BOA SEMANA

quinta-feira, julho 24, 2008

TOZEUR e MUSEU DAR CHERAIT


TOZEUR
Tozeur é uma bela cidade com uma arquitectura muito especial e diferente de qualquer outra.
Mesmo às portas do deserto, é uma cidade grande e limpa.Ali não há casas em regime de construção por tempo indeterminado e com ferros a sair por tudo quanto é parede. As casas têm janelas e varandas com imensos arcos assentes em colunas trabalhadas (como na maior parte do país), mas os edifícios por fora são todos forrados a tijolo pequeno beje claro, de várias medidas, o que resulta em desenhos lindos nas fachadas.
Para mim, que aprecio os diferentes estilos de arquitectura foi mesmo umregalo para os meus lindos olhos.(Podem ampliar para ver os tais enfeites na construção.Aqui é a fachada para o lado da piscina do hotel onde fiquei: O Hotel Rãs El Ain.
Até no interior dos quartos predominam os tais tijolos)Um ponto de passagem obrigatória para quem anda pelas bandas de Tozeur é o Museu Dar Cherait.
DAR significa em árabe : casa grande ou palácio pequeno.

Para mim isto é mais um palácio que uma casa, dadas as condições da mesma. A construção é lindíssima, com pátios internos onde predominam requintadas varandas e, por todo o lado, azulejos de rara beleza. Isto para não falar de todo um conjunto de paredes e tectos. Vale mesmo a pena olhar um pouco mais alto e apreciar o trabalhado dos tectos e a grandiosidade dos lustres.É um museu privado, que retrata, na perfeição, os usos e costumes da Tunísia. Desde fatos antigos, a utensílios, quadros lindíssimos e um retrato fiel de cenas do dia a dia e de tradições dos habitantes daquele país, tem de tudo um pouco.


Como em todos os lados.: o direito à fotografia tem um preço. Aqui, um pouco mais caro que na maior parte dos outros museus. Mas vale mesmo a pena.

quarta-feira, julho 23, 2008

MONASTIR


Monastir é uma cidade grande e muito moderna.
É também conhecida pelas suas praias .As casas , principalmente nas entradas da cidade, são enormes vivendas, com bons carros às portas.
( a construção de casas de luxo é de arquitectura ocidentalizada)
Os espaços públicos estão ,de um modo geral, bem cuidados.

Junto à marina podemos comer marisco ou peixe de boa qualidade e a um preço convidativo.

A impressão com que fiquei é que é uma das cidades em que as pessoas vivem muito bem e têm um bom poder de compra.

A visitar:

Ribat (é um mosteiro fortificado ,construído entre os séculos VII e X para proteger a costa dos ataques vikings ou cristãos). No pátio subir a escadaria e lá de cima visionar a cidade.

O museu: com moedas século XI, manuscritos e cerâmicas.

E bem perto, temos o principal ponto de interesse e visita obrigatória que é o mausoléu da família Bourguiba.

E logo à entrada está lá esta lápide. Não consegui fazer a tradução.

Quem souber..........que me diga.

(Habib Bourguiba foi o primeiro presidente da Tunísia depois da independência dos franceses).

É um conjunto de edifícios, cuja construção se iniciou em 1963. Tem dois minaretes de 25 metros de altura e de cúpula dourada, várias arcadas, o chão das alamedas envolventes é todo trabalhado.Tem uma zona ajardinada.

Esta Mesquita de Bourguiba foi inspirada na de Hammuda Pachá e impressiona pela sua capacidade para mais de mil pessoas na Sala de Oração. Tem 39 portas trabalhadas e 86 colunas de mármore cor de rosa.

Mesmo ao lado fica um enorme cemitério, que por ser bem diferente do nossos,também merece um reparo.

TUNISIA

video

sábado, julho 19, 2008

TUNISIA


A Tunísia não é só praia.
É um país de grandes contrastes, de outros hábitos. Um país que tem vindo a crescer bastante para o turismo. Com uma população que pouco passa os 10 milhões de habitantes e que regista cerca de 4,5 milhões de turistas ao ano), e sendo um país bastante grande, as cidades distam muito umas das outras. Todas diferem muito entre si, mesmo as que estejam mais perto .Sendo um país do continente Africano tem muitas carências a vários níveis.
Contudo, a ideia que tenho é que é um país bastante desenvolvido e evoluído para o clima que tem. A continuar assim, e se lá voltarmos daqui a 10 anos, não o vamos conhecer.
Poderá parecer uma rua de uma qualquer aldeia. Mas é uma rua de uma cidade.Aqui está uma das diferenças entre a Europa e África. Tudo é exposto às portas (tanto o que se vende como o que fabrica)
Ainda na cidade há cabras nos passeios
É vulgar (zona sul) a exposição de animais para venda à beira das estradas.Este, por acaso até estava bem recolhido e à sombra pois estava à porta do talho.
Hábitos diferentes dos nossos

Foto feita numa cidade. Mas o mesmo acontece seja onde for. Pela hora do calor os homens aproveitam as sombras para descansar.
Ninguém se admire se , ao dar uma voltinha numa noite de Verão, encontrar os homens a dormirem no passeio, à porta de casa, em cima de um colchão. Faz parte dos seus costumes !Eles podem estar ali a dormir ao fresco.Elas ficam em casa com os filhos.
Nunca há uma única mulher numa esplanada. Isso faz parte dos seus hábitos e preconceitos.
Para elas está destinado, quase em exclusivo, o trabalho no campo.
Para eles : o comércio. Apenas vi na Medina de Sousse uma mulher a vender roupa.

Já anteriormente vos falei dos diversos meio de transporte e que tudo "viaja"nas carroças.
Como podem ver não menti!

Sei que esperam fotos bonitas, daquelas que preenchem o imaginário dos turistas.
Praias bonitas, piscinas, monumentos, etc....etc....
Lá chegaremos!
Vamos com calma!
Bom fim de semana